Anterior

Doença Coronária

R$ 400.00

DOENÇA CORONÁRIA

Importante informações para a base de um estudo ecocardiográfico, onde alguns conceitos já estabelecidos são revistos e demonstrados como são falhos e muitos são, na realidade, nada mais que preconceitos sem nenhuma base científica ou lógica. Nenhum ecocardiografista profissional consciente pode desconhecer. Mude drasticamente o seu modo de conceber a ecocardiografia.

ATENÇÃO: Comprando apenas este tema de aulas, você não terá acesso aos outros temas do TUTORIAL ou à CONSULTORIA, apenas às vídeo aulas serão semelhantes ao TUTORIAL. Não terão também à possibilidade de ASSINATURA como forma de pagamento recorrente.

Clique em qualquer tema abaixo para saber detalhes e ver o filme da AULA correspondente.

Tutorial Morcerf

DIAGNÓSTICO ECOCARDIOGRÁFICO DA DOENÇA CORONÁRIA

Parte I: Observação direta do óstio da coronária na doença coronária
Observação óstio e tronco da coronária esquerda. Eco transesofágico. Ação do eco tendo em vista a cascata isquêmica.

Parte II: Espessamento das paredes do VE
Avalie espessamento das paredes mais que movimento. Todas as paredes a se analisar. Importância do corte subcostal para avaliar a parede anterior sem a interferência do pulmão.

Parte III: Anormalidades da contração segmentar
Anormalidades contráteis, hipocinesia, acinesia e discinesia

Parte IV: Ecocardiografia de estresse
Estresse utilizando esforço, dobutamina, dipiridamol e adenosina.

 

COMPLICAÇÕES DA DOENÇA CORONÁRIA

Enfarte do miocárdio
Veremos agora as complicações da doença coronária. Inicialmente o enfarte do miocárdio. Repare como mínima alteração da angulação do transdutor pode produzir uma modificação significativa no diagnóstico.

Enfarte do Ventrículo Direito
O enfarte do VD é bastante frequente, mas pouco diagnosticado.

Aneurisma do VE
Diagnóstico e avaliação dos aneurismas do VE.

Pseudoaneurisma do VE
Diferença entre aneurisma e pseudoaneurisma do VE. Não confundir com o pseudoaneurisma encontrado após troca cirúrgica de uma prótese mitral.

Rotura do Septo Interventricular (CIV) Após Enfarte do Miocárdio
Rotura do septo interventricular (CIV) pós enfarte.

Disfunção e Rotura de Músculo Papilar. Regurgitação Mitral de Natureza Isquêmica.
Disfunção e rotura de músculo papilar em pacientes com doença coronária. Regurgitação mitral de natureza isquêmica.

Trombo no VE na Doença Coronária
Detecção de trombo no VE em pacientes com doença coronária, principalmente após enfarte do miocárdio.

Choque Cardiogênico
Utilização da ecocardiografia em pacientes em choque cardiogênico.

Avaliação de Risco Logo Após Enfarte Agudo do Miocárdio
Vamos avaliar a utilização da ecocardiografia para avaliar o risco do paciente logo após um enfarte agudo do miocárdio.

Avaliação Ecocardiográfica da Viabilidade Miocárdica
Como avaliar a presença de miocárdio viável em pacientes com cardiopatia isquêmica.

ERROS E PROBLEMAS NA DOENÇA CORONÁRIA

Avaliação da Contratilidade Segmentar do VE
Há diversas fontes de erros na avaliação da contratilidade segmentar do VE. Veja aqui o que o aumento da pressão abdominal ou o movimento de translação sistólica do coração em direção apical pode fazer.

Cuidado Com o Ganho do Aparelho
Cuidado com o ganho do aparelho quando investigar paredes que não estejam perpendiculares ao feixe.

EXERCÍCIOS NA DOENÇA CORONÁRIA

Avalie a Contratilidade Segmentar do VE
Uma das coisas mais difíceis em ecocardiografia é a avaliação da contração segmentar do VE. Esta série de exercícios irá ajudar e ter experiência neste diagnóstico

Doença Coronária. Aneurisma de Parede Inferior
Como um aneurisma deste pode passar despercebido inicialmente?

Diversos Casos Para Treinar a Avaliação da Contratilidade Segmentar do VE - Paciente 1.
Vamos ver se concordamos

Diversos Casos Para Treinar a Avaliação da Contratilidade Segmentar do VE - Paciente 2.
Vamos ver se concordamos!

Diversos Casos Para Treinar a Avaliação da Contratilidade Segmentar do VE - Paciente 3.
Veja se concorda!

Diversos Casos Para Treinar a Avaliação da Contratilidade Segmentar do VE - Paciente 4.
Veja se concorda!

Diversos Casos Para Treinar a Avaliação da Contratilidade Segmentar do VE - Paciente 5.
Veja se concorda!

COMO FAÇO NA DOENÇA CORONÁRIA

Avaliação da Função Diastólica e Sistólica do VE em um Caso de Cardiopatia Isquêmica
Vamos analisar as causas de erro no diagnóstico da função sistólica e diastólica do VE na cardiopatia isquêmica.

Diagnóstico de Trombo no VE na Doença Coronária
Vamos analisar o diagnóstico de trombo no VE na cardiopatia isquêmica.

Em Caso de Enfarte de Parede Inferior do VE, Procure Enfarte de VD
Pouco se diagnostica enfarte de VD, porém sua frequência é bastante alta em casos de enfarte da parede inferior do VE. Veja aqui como diagnosticar e comece a procurar por eles.

Seguindo a borda epicárdica
Macete importante para definição da contratilidade segmentar em paredes do VE quando não se tem definição perfeita do endocárdio.

Paciente com Doença Coronária. Não Esqueça o Corte Subxifóide.
Avaliação da contratilidade segmentar. Nunca se esqueça do corte subxifoide.

Doença Coronária. Importância dos Cortes Apicais e Subxifóide.
Avaliação da contratilidade segmentar. Importância dos cortes apicais e subxifoides.

Doença Coronária. Avaliação Contratilidade Segmentar do VE. Cuidados.
DAC com aumento atrial ou não? Causa para a regurgitação mitral? O que vale mais, o aspecto visual ou uma medida? Avaliação minuciosa da contratilidade segmentar do VE, cuidado, muita coisa pode passar despercebida. Relaxamento precoce da parede posterior?

GUIDELINES

Guidelines
Importantes guidelines sobre o assunto.

 

LIVRO “ECOCARDIOGRAFIA UNI-BIDIMENSIONAL  TRANSESOFÁGICA E DOPPLER”.

Fernando Morcerf. Segunda Edição. 1996. Editora Revinter

 LIVRE PARA DOWNLOAD

Capítulo 14 –Doença Coronariana
Doença Coronariana
coro

Tutorial Morcerf

Detalhes do Curso

  • Leituras 31
  • Quizzes 0
  • Duração 1 ano
  • Nível de Habilidade Todos os níveis
  • Linguagem Português
  • Alunos 32
  • Critérios de avaliação Sim

Presidente do Primeiro Congresso de Ecocardiografia do Departamento de Imagem Cardiovascular da Sociedade Brasileira de Cardiologia.
Segundo Presidente do Departamento de Imagem Cardiovascular da Sociedade Brasileira de Cardiologia., hoje DIC.
Professor de Ecocardiografia em cursos de inicialização e de especialização em ECOCARDIOGRAFIA da ECOR desde 1976 com mais de 200 turmas.

Formado na Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Março de 1965 a Dezembro de 1970).
Pós-Graduação em Evanston Hospital da Northwestern University. Chicago, Illinois, USA, no período de Julho de 1971 a Junho de 1972.
Residente em Medicina Interna na Cleveland Clinic Foundation, Cleveland, Ohio, USA, no período a Julho de 1972 a Junho de 1973.
Fellowship em Cardiologia na Cleveland Clinic Foundation, Cleveland, Ohio, USA, no período de Julho de 1973 a Junho de 1975.
Ex-professor Curso de Pós Graduação em Cardiologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Ex-professor do Instituto de Pós Graduação Médica do Rio de Janeiro
Diretor do Serviço de Ecocardiografia da ECOR Ecocardiografia.
Professor do Curso de Ecocardiografia da Escola Brasileira de Ecocardiografia com mais de 2.500 ex-alunos em cursos presenciais.
Professor exclusivo dos Cursos Online da ECOR.